Expressões da Violência em Sergipe


Categoria: Acadêmico

Publicado em: Abril de 2018

Os artigos do livro tratam sobre violência no Estado de Sergipe e foram organizados para chamar atenção sobre as várias formas de violência experiênciadas. A violência se manifesta de diversas maneiras, em assassinatos, conflitos étnico-religiosos, preconceito: nessa coletânea pode ser identificada como violência contra a mulher, a criança e o idoso, a violência sexual e a violência urbana. Assim, os autores desse livro trazem o retrato dessa violência em vários contextos. A primeira parte do livro trata sobre a Violência Urbana e tem no seu primeiro capítulo Marco Antonio Jorge Mensurando a Disponibilidade de Armas no Brasil e em Sergipe.

O trabalho investiga as possibilidades de mensuração da disponibilidade de armas de fogo no Brasil e, em especial, no estado de Sergipe, trazendo dados significativos para compreender esse tipo de violência em Sergipe. Samyle Oliveira; Verônica Marques e Luiz Eduardo Oliveira abordam A violência e violação de direitos dos presos no sistema prisional sergipano, com base em estudo de caso. Foram analisados quatro presídios sergipanos: o Presídio Regional Juiz Manoel Barbosa de Souza (PREMABAS), localizado no município de Tobias Barreto, Sergipe, que funciona em regime fechado, o Presídio Feminino (PREFEM), o Presídio de Areia Branca (PEAB) e o Presídio Regional Senador Leite Neto (PRESLEN), no município de Nossa Senhora da Glória – Sergipe, presídio de regime fechado.

Os dados utilizados neste estudo, levantados através da aplicação de questionário semiaberto, continha questões abordando variáveis sobre: identificação, observação ocupacional, saúde e ambiente, condições do alojamento e alimentação. Os dados empíricos que serão apresentados são retratos fidedignos da violência e violação do direito à cidadania nos presídios sergipanos.

Procurando Editora? Faça como diversos autores e publique conosco.

1
Olá, podemos ajudar?
Powered by